WhatsApp

FinOps: entenda o conceito da gestão financeira na nuvem e turbine seus negócios

16 janeiro, 2024 9 min de leitura Autor: Wendel Soares

FinOps e a gestão financeira de processos na nuvem

O uso do FinOps como recurso de gerir processos financeiros em uma empresa tem se tornado cada vez mais frequente em empresas de diferentes portes e segmentos. Isso porque ele compreende uma abordagem complexa, segura e abrangente capaz de otimizar e transformar o ambiente corporativo.

De acordo com dados da CB Insights, a previsão é que até o próximo ano, 65% das empresas utilizem este tipo de tecnologia para armazenar toda a movimentação financeira em nuvem. Ou seja, o FinOps será determinante para quem deseja ser competitivo e inovador no mercado.

Por isso, o Holmes preparou esse conteúdo exclusivo para explicar em detalhes sobre o FinOps, suas funcionalidades e vantagens e como extrair o melhor dele para sua empresa através de uma ferramenta BPMS. Confira conosco e boa leitura!

Afinal, o que é FinOps?

Em resumo, FinOps é um termo que abrevia, em inglês, “operações financeiras”. Ou seja, ele é um recurso para a gestão de processos de negócio no setor financeiro que busca extrair o melhor deste tipo de modelo operacional.

Para isso, o FinOps combina sistemas, plataformas, boas práticas e uma cultura organizacional que consiga trazer convergência aos processos financeiros de uma empresa.

Além disso, o uso do FinOps é capaz de integrar diferentes setores de modo a oferecer uma visão ampla de toda a gestão financeira. Na prática, isso significa otimizar custos, ampliar lucros e abrir margem para novos investimentos, não é mesmo?

Principais objetivos no uso do FinOps

Primeiramente, é importante explicar que o FinOps vai muito além de fazer a gestão financeira na nuvem. Afinal, seu objetivo foca na entrega rápida de recursos, aplicações e acesso à movimentação financeira de modo a fornecer insights e permitir a melhoria contínua deste tipo de processo.

Sendo assim, podemos afirmar que o FinOps é capaz de orientar as decisões que se relacionam às despesas e gastos de modo assertivo e que se relacione com outros dados. Além disso, há uma evidente otimização dos ciclos de aquisições corporativas, de modo a reduzir custos e gastos e ter um uso muito mais assertivo dos recursos financeiros.

FinOps e a gestão financeira de processos na nuvem

Pilares de uma operação financeira eficaz

Para que o FinOps seja capaz de entregar os melhores resultados, é importante considerar os pontos principais nos quais ele se apoia. Continue a leitura e conheça cada um deles.

Informação

Informar faz parte da primeira fase de implementação do FinOps. Isso porque, antes de se criar uma cultura ou padrão nos processos, é primordial capacitar colaboradores e gestores. Para isso, a empresa deve traçar uma estratégia que considere custos, planejamento financeiro e acompanhamento contínuo da rotina financeira.

Otimização

Após a capacitação e treinamento da equipe, a segunda fase da jornada FinOps diz respeito a compreender como extrair o máximo de eficiência da gestão financeira na nuvem. Ou seja, é necessário que os usuários testem a plataforma, deem feedbacks e apontem falhas,  gargalos de processo ou recursos desnecessários.

Com isso, torna-se mais fácil que a ferramenta faça parte do dia a dia das equipes e seja efetivamente útil.

Leia também | O que é ECM?

Operação

Por fim, a migração para o uso do FinOps deve ter monitoramento frequente, para a garantia da execução de todas as atividades previstas anteriormente. Além disso, é essencial que a ferramenta possua escalabilidade, a fim de receber atualizações periódicas de acordo com novas demandas da empresa.

Benefícios para empresas que realizam o gerenciamento financeiro na nuvem

Até aqui, compreendemos alguns conceitos gerais sobre o FinOps, mas você pode se perguntar? O que eu ganho ao utilizá-lo em minha empresa? Pois a seguir, relacionamos as principais vantagens.

Eficiência operacional da nuvem

A primeira vantagem no uso do FinOps é que, devido ao armazenamento e gestão direto em um ambiente virtual, há maior flexibilidade no acesso e utilização. Ou seja, você garante que a operação tenha maior eficiência de onde estiver.

Além disso, há maior facilidade em organizar tudo que envolve os processos financeiros, o que torna as tarefas mais ágeis e assertivas.

Redução de custos a longo prazo

Ao contribuir para identificar as soluções mais eficazes para o setor, o FinOps gera uma economia importante. Afinal, ele permite a implementação de processos otimizados, ajuda na priorização de KPI’s e atua diretamente para reduzir custos efetivos.

Maior conformidade de contrato

Dentro de qualquer empresa, a compreensão irrestrita de diferentes contratos pode gerar dúvidas ou erros no que se refere a prazos, padrões ou normas. Isso porque, a depender dos conteúdos, é possível que haja interpretações incompletas ou confusões entre eles.

Sendo assim, o FinOps pode ser um importante aliado ao facilitar o registro, documentação, acesso, interpretação ou consulta a qualquer momento. Dessa forma, a empresa tem maior tranquilidade ao se certificar de que as atividades cumprem a conformidade dos contratos de modo completo.

Visão completa através do FinOps

Um fato simples aqui já deve ter sido motivo de pauta em várias reuniões empresariais. Afinal, quem nunca presenciou um erro ou falha causado pela falta de informação objetiva e clara? Ou ainda a descoberta de gastos adicionais ou não computados?

De modo geral, o FinOps atua na mitigação disso. Isso porque, ao reunir em uma única plataforma todas as informações referentes às operações financeiras, torna-se muito mais simples ter uma visão macro das questões que envolvem gastos e demais recursos da empresa.

Leia também | 6 melhores ferramentas para mapeamento de processos

Integração colaborativa das equipes

Sabe aquele setor que nem sempre compreende o planejamento financeiro ou despesas da empresa? Pois ele pode agir assim apenas por desconhecer o histórico de despesas e custos que envolvem as mais diferentes operações empresariais.

Sendo assim, o uso do FinOps favorece que diferentes áreas trabalhem em consonância com o orçamento proposto ou disponível. 

Feedbacks e ajustes constantes

Toda empresa possui processos financeiros que podem ser realizados em menor tempo e com maior eficiência. Porém, para identificá-los e aperfeiçoá-los, é preciso que se consiga obter feedbacks estruturados e se consiga escalar possíveis mudanças.

Devido à sua natureza online e convergente, o FinOps permite que essa etapa ocorra sem comprometer as atividades e de forma contínua.

Tomadas de decisões que se orientam pelo valor comercial da nuvem

O FinOps também garante que as decisões sobre custos e investimentos aconteçam a partir de um equilíbrio entre os recursos e os benefícios comerciais. Em resumo, ele permite considerar que os custos não sejam apenas o foco das decisões, mas também quais valores eles podem gerar para o negócio.

Fortalecimento de cultura de responsabilidade

Por último, ter uma plataforma convergente com toda a gestão financeira de uma empresa permite que haja um acompanhamento multidisciplinar de cada etapa com maior cuidado. Dessa forma, sabe-se sobre as responsabilidades de cada colaborador e incentiva-se a um trabalho conjunto e padronizado em relação a prazos e metas.

FinOps e a gestão financeira de processos na nuvem

Passo a passo para implementar o FinOps na sua empresa

Após entender melhor os benefícios e características no uso do FinOps, acompanhe nosso tutorial para conseguir implementá-lo no dia a dia da operação financeira em seu ambiente corporativo.

Lembre-se de que cada empresa é única, e a implementação do FinOps pode variar de acordo com as necessidades e recursos disponíveis. Sendo assim, é importante adaptar as estratégias e abordagens para atender às demandas específicas da sua organização.

1 | Estabeleça uma equipe dedicada

Crie uma equipe especializada em FinOps, composta por membros de diferentes áreas, como finanças, TI e operações. Em resumo, essa equipe será responsável por gerenciar os custos e otimizar os gastos relacionados à infraestrutura de TI.

2 | Defina metas e métricas

Em seguida, estabeleça metas claras para redução de custos e eficiência operacional. Para isso, é necessário identificar as métricas relevantes, como custo por unidade de serviço ou custo por usuário, para acompanhar o desempenho e medir o progresso.

3 | Monitore e analise os custos via FinOps

Utilize ferramentas de monitoramento e análise para acompanhar os custos de infraestrutura e serviços em nuvem. Por exemplo, a ferramenta BPMS  do Holmes é capaz de automatizar tarefas, realizar controle de prazos e ter rastreabilidade para suas atividades. Além disso, ele permite que você consiga assinar eletronicamente os processos, armazenar e gerir documentos online e ter um portal exclusivo para abrir e acompanhar 

solicitações.

4 | Estabeleça políticas de governança

Defina políticas claras para o uso de recursos de TI e serviços em nuvem. Por exemplo, o estabelecimento de limites de gastos, aprovações prévias para determinadas ações e diretrizes para otimização de custos.

5 | Promova a conscientização e a colaboração

Eduque os funcionários sobre a importância do FinOps e envolva-os no processo de otimização de custos. Para isso, incentive a colaboração entre as equipes de TI e finanças para identificar oportunidades de economia e implementar soluções eficientes.

6 | Automatize processos para melhor uso do FinOps

Utilize ferramentas de automação para otimizar processos relacionados ao FinOps, como a alocação de custos por projeto ou departamento. Isso facilitará a análise e o controle dos gastos.

7 | Faça revisões regulares

Por fim, realize revisões periódicas dos custos e desempenho, ajustando as estratégias conforme necessário. Mantenha-se atualizado sobre as melhores práticas e tendências do FinOps para garantir uma abordagem eficaz e atualizada.

Implementar o FinOps é muito mais eficaz com o Holmes!

Após compreender tudo que envolve o FinOps e como uma ferramenta BPMS pode se beneficiar do uso dele, que tal conhecer a melhor opção para a sua empresa?

Por isso, convidamos você a utilizar o Holmes, uma ferramenta que não exige conhecimentos avançados sobre programação e oferece soluções personalizadas para o seu negócio.

Entre em contato conosco e agende gratuitamente uma demonstração com um de nossos especialistas. Para outros conteúdos como este, continue conosco no Blog do Holmes.

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email!