WhatsApp

BPMN gateways: um guia completo para entendê-los

30 novembro, 2023 10 min de leitura Autor: Equipe Holmes

BPMN gateways: um guia completo para entendê-los

Quem busca compreender mais sobre o BPMN gateways, a fim de modelar processos de negócio, precisa se atentar aos 7 tipos diferentes de gateways. De modo geral, eles podem se adaptar de acordo com a necessidade de cada ambiente corporativo e possuem formas específicas de utilização.
Por isso, preparamos esse artigo exclusivo para explicar o que são BPMN gateways, sua aplicabilidade no gerenciamento de processos de negócio e como se relacionam com uma ferramenta BPMS para monitoramento e otimização de tarefas. Confira conosco e boa leitura!

O que é um BPMN gateways?

Primeiramente, para entender o que são BPMN gateways, é necessário compreender os dois contextos de forma separada. Neste caso, a notação BPMN (Business Process Model and Notation) é uma notação gráfica que fornece um conjunto de símbolos padrão para modelar processos de negócios. Isso porque ele oferece uma maneira visual de representar o fluxo de trabalho, as atividades, as decisões e as interações dentro de um processo de negócios.
Os gateways, por sua vez, são elementos do BPMN que controlam o fluxo de sequência de um processo. Ou seja, eles representam pontos de decisão, divergência, convergência e sincronização em um processo. Os gateways ajudam a modelar as condições que determinam o caminho que um processo seguirá, com base em diferentes situações, como decisões tomadas, eventos ocorridos ou condições atendidas.

Relação entre BPMN e gateways

A relação entre BPMN e gateways é que o BPMN fornece a notação gráfica para modelar processos de negócios. Por sua vez, os gateways são os elementos específicos dentro dessa notação que permitem controlar o fluxo de sequência do processo. Em outras palavras, os gateways são usados dentro de diagramas BPMN para representar as decisões e as condições que afetam o fluxo de um processo de negócios.
Em resumo, eles são essenciais para a modelagem precisa e eficaz de processos de negócios usando BPMN.

Tipos de BPMN gateways: características e funções

Dentre os BPMN gateways mais utilizados para a modelagem de processos, temos o Exclusivo e o Paralelo. Contudo, eles não são os únicos. Abaixo, iremos explicar mais sobre os diferentes tipos. Continue a leitura.

Gateway Exclusivo

Um Gateway Exclusivo, representado por um losango vazio com um círculo preto no centro, é um tipo de gateway utilizado na notação BPMN (Business Process Model and Notation). De modo geral, seu uso serve para modelar uma decisão onde apenas um dos caminhos de saída será seguido, com base em condições mutuamente exclusivas.
Ou seja, o Gateway Exclusivo representa uma escolha onde apenas uma das opções é selecionada, dependendo das condições especificadas. Isso significa que, após passar por um Gateway Exclusivo, apenas um dos caminhos de saída será tomado, com base na avaliação das condições associadas a cada caminho.
Leia também | Fluxogramas de processo

BPMN gateways paralelos

Já um Gateway Paralelo, representado por um losango com duas linhas paralelas, é um tipo de gateway utilizado na notação BPMN (Business Process Model and Notation). Ele é usado para modelar uma situação em que todas as saídas conectadas a ele devem ser seguidas simultaneamente.
Em resumo, o Gateway Paralelo representa uma divergência no fluxo do processo, onde todas as condições associadas a cada caminho de saída devem ser satisfeitas para que o processo prossiga por todos os caminhos simultaneamente. Isso significa que, após passar por um Gateway Paralelo, todos os caminhos de saída serão seguidos em paralelo, sem a necessidade de escolher apenas um caminho, como acontece com o Gateway Exclusivo.

Gateway Inclusivo

Um Gateway Inclusivo, representado por um losango com um círculo preto no centro e linhas paralelas, é um outro tipo de gateway utilizado na notação BPMN. Ele é usado para modelar uma situação em que uma ou mais saídas conectadas a ele podem ser seguidas, com base em condições que podem ser mutuamente exclusivas ou inclusivas.
Em outras palavras, o Gateway Inclusivo representa uma divergência no fluxo do processo, onde uma ou mais condições associadas a cada caminho de saída podem ser satisfeitas para que o processo prossiga por um ou mais caminhos. Isso significa que, após passar por um Gateway Inclusivo, um ou mais caminhos de saída podem ser seguidos, dependendo das condições associadas a cada caminho.

Gateway Complexo

O Gateway Complexo é um tipo de gateway utilizado na notação BPMN que oferece maior flexibilidade na modelagem de decisões em um processo de negócios. Em resumo, ele é representado por um losango com traços internos que formam um padrão de zigue-zague. O Gateway Complexo é utilizado quando as decisões a serem tomadas no processo são mais complexas e não podem ser adequadamente representadas pelos outros tipos de gateways, como o Exclusivo, Inclusivo ou Paralelo.
Além disso, o Gateway Complexo permite a definição de regras de decisão mais elaboradas e que envolvem lógica condicional mais sofisticada. Ou seja, isso pode incluir combinações de condições e eventos para determinar o fluxo do processo. Afinal, ele é capaz de oferecer modelos de decisões que não se encaixam facilmente em um modelo de decisão simples. Dessa forma, pode-se afirmar que sua representação mais precisa e detalhada de certos aspectos do processo de negócios.
Leia também | Melhores ferramentas para mapeamento de processos

BPMN gateways de início baseado em evento exclusivo

Um BPMN Gateway de Início Baseado em Evento Exclusivo, como o próprio nome indica, é usado em um evento que desencadeia o início do processo e que é mutuamente exclusivo de outros eventos que poderiam iniciar o processo.
Sendo assim, esse tipo de gateway é representado por um losango vazio com um círculo preto no centro e é colocado no início de um fluxo de sequência para indicar que o processo será iniciado com base na ocorrência de um evento exclusivo. Isso significa que, quando o evento especificado ocorre, o processo é iniciado e segue o caminho associado a esse evento, excluindo outros eventos que poderiam iniciar o processo.

Gateway Intermediário Exclusivo Baseado em Eventos

Este é um tipo específico de gateway utilizado na notação BPMN com a função de modelar um ponto intermediário em um processo de negócios onde a sequência de eventos é exclusiva. Ou seja, apenas um dos caminhos de saída será seguido com base em condições mutuamente exclusivas.
Dessa forma, esse tipo de gateway é representado por um losango vazio com um círculo preto no centro. Além disso, ele é colocado em um ponto intermediário de um fluxo de sequência para indicar que a continuação do processo seguirá um único caminho com base em condições exclusivas. Isso significa que, após passar por esse gateway, apenas um dos caminhos de saída será tomado, dependendo das condições associadas a cada caminho.

Gateway de Início Baseado em Eventos Paralelos

Já este tipo de BPMN Gateway é usado para modelar o início de um processo de negócios com base em eventos paralelos. O que significa que o processo pode ser iniciado por múltiplos eventos que ocorrem simultaneamente.
Esse tipo de gateway é representado por um losango vazio com duas linhas paralelas no centro e é colocado no início de um fluxo de sequência para indicar que o processo pode ser iniciado por eventos paralelos. Isso significa que, quando qualquer um dos eventos especificados ocorre, o processo é iniciado e segue o caminho associado a esse evento, permitindo que múltiplos eventos iniciem o processo de forma simultânea.
Leia também | 10 indicadores de qualidade para mensurar seus processos

5 Dicas para escolher o melhor entre os diferentes tipos de BPMN gateways para sua empresa

1 | Compreenda os Processos de Negócios

Antes de escolher um gateway BPMN, é crucial compreender completamente os processos de negócios da empresa. Isso inclui identificar os pontos de decisão, divergência e convergência nos processos.

2 | Analise as Condições de Decisão

Avalie as condições de decisão em cada ponto do processo. Determine se as decisões são mutuamente exclusivas, paralelas ou baseadas em eventos específicos. Isso ajudará a identificar o tipo de gateway mais apropriado.

3 | Considere a Complexidade das Decisões

Se as decisões nos processos de negócios forem complexas e envolverem múltiplas condições ou lógica condicional sofisticada, um Gateway Complexo pode ser mais adequado.
Leia também | O que é DMN

4 | Avalie a Natureza dos Eventos

Se os processos de negócios são acionados por eventos específicos e independentes, como no caso de múltiplos eventos que podem iniciar o processo simultaneamente, um Gateway Baseado em Eventos Paralelos pode ser a escolha certa.

5 | Consulte Profissionais de BPM

Caso haja dúvidas sobre qual gateway é mais apropriado para os processos de negócios da empresa, é recomendável consultar profissionais especializados em BPMN para obter orientação personalizada.
Leia também | Billing e a automatização do sistema de cobrança empresarial

A relação entre o uso de uma ferramenta BPMS com os tipos de BPMN gateways

O BPMN (Business Process Model and Notation) é uma notação padrão para modelagem de processos de negócios, e os gateways são elementos-chave na modelagem de fluxos de trabalho em BPMN.
As ferramentas BPMS são projetadas para ajudar na automação, execução, monitoramento e otimização de processos de negócios. Ao escolher um gateway em BPMN, é importante considerar como a ferramenta BPMS lida com diferentes tipos de gateways, como exclusivo, inclusivo, paralelo, entre outros. A escolha do gateway adequado pode impactar diretamente na eficiência e na lógica de execução dos processos automatizados dentro da ferramenta BPMS.
Portanto, a escolha de um BPMN gateway deve ser feita levando em consideração a capacidade da ferramenta BPMS em interpretar e executar corretamente a lógica representada por esse gateway, garantindo assim a eficácia da automação dos processos de negócios.

Extraia o melhor de todos os BPMN gateways com o Holmes!

Após entender como funcionam e para quê servem os BPMN gateways, que tal conhecer o Holmes e levar a melhor solução para os processos e atividades da sua organização?
Com ele, você tem acesso a uma ferramenta que irá automatizar tarefas, realizar controle de prazos, dar rastreabilidade para suas atividades e permitir um processo de compras sem falhas ou gargalos. Ou seja, terá a implementação da modelagem de processo com eficácia e qualidade. E o melhor: a dica é válida para qualquer tipo ou modelo de fluxograma!
Tudo isso, sem exigir conhecimentos avançados sobre programação e com uma plataforma de BPM que se adequa à real necessidade do seu negócio. Para saber mais, basta preencher o formulário de contato e um de nossos especialistas irá contatar você.
Para outros conteúdos como este, continue conosco aqui no Blog do Holmes.

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email!